LUIZ GONZAGA E O CEARÁ de Kydelmir Dantas

 
LUIZ GONZAGA E O CEARÁ de Kydelmir Dantas
 
ESTE LIVRO TRAZ A RELAÇÃO DE CARINHO ENTRE LUIZ GONZAGA E O CEARÁ, ATRAVÉS DE ALGUMAS PERSONAGENS TAIS COMO: HUMBERTO TEIXEIRA, PATATIVA DO ASSARÉ. É DE EXCELENTE COMPREENSÃO. A NARRATIVA É FEITA ATRAVÉS DE UMA LINGUAGEM FÁCIL. MUITO BOM.
 
É ESCRITO POR NOSSO POETA E AMIGO de Kydelmir Dantas.
 
 
VOCÊ PODE ADQUIRIR DIRETAMENTE COM O AUTOR kydelmir@petrobras.com.br  OU SOCIEDADE BRASILEIRO DE ESTUDOS DO CANGAÇO http://sbec-mossoro.blogspot.com/ OU PELO E-MAIL sbecmossoro@gmail.com
 
 
PE FÁBIO MOTA
Anúncios
Esse post foi publicado em Livros. Bookmark o link permanente.

4 respostas para LUIZ GONZAGA E O CEARÁ de Kydelmir Dantas

  1. Tatielly disse:

    Esse livro pode até ser maneiro galerinha! 🙂

  2. Nildo da pedra branca disse:

    -8-

    22

    Luiz Gonzaga está vivo
    Não posso dizer que não
    Está no frio do Sul
    E no calor do sertão
    Está na Felicidade
    Está em toda amizade
    Está num bom coração.

    23

    O Rio Grande do Norte
    Hoje se sente feliz
    Quando vê alguém cantando
    Uma canção de Luiz
    Xote, xaxado e baião,
    Na Cidade e no Sertão
    Quem escuta pede bis.

    24

    Escrevi com o coração
    Para homenagear
    O nosso rei do baião
    Que se foi pra não voltar
    Eu vejo Luiz crescendo
    Mesmo morto está vivendo
    Na cultura potiguar.

    Fim

    -6-

    16

    No ano setenta e nove
    Em junho do mesmo ano
    Na Cidade Currais Novos
    Garanto não ser engano
    Sanfona em cima do peito
    Ele cantou com efeito
    No rítimo pernambucano.

    17

    Inaugurou o BANDERN
    Nesta Cidade querida
    Ficou no meio do povo
    Mas antes da despedida
    Vestiu chapéu, gibão
    O nosso rei do baião
    Gostava bem dessa Vida.

    18

    Gostava daquela vida
    Era um rei sem frescura
    Encantou nosso Nordeste
    Com sua linguagem pura
    Cantou baião e xaxado
    Neste Brasil afamado
    Luiz é literatura.
    LUIZ GONZAGA E O
    RIO GRANDE DO NORTE
    Autor: Nildo da Pedra Branca

    01

    Peço a Deus inspiração
    Boto a mente em transporte
    Vou viajar pesquisando
    Acreditando na sorte
    Quero narrar com atenção
    O nosso rei do baião
    E Rio Grande do norte.

    02

    Luiz Gonzaga fez show
    E visitou Mossoró,
    Foi cidadão natalense
    Caraúbas, Caicó
    E em Pau dos Ferros fez
    Sua voz zoar de vez
    Acordando até mocó.

    03

    E noceculo19
    Cantando e encantando
    No ano sessenta e quatro
    Em Mossoró foi chegando
    E quando ele chegou
    O povo lhe aceitou
    Um a um lhe abraçando.

    -3-
    07

    Quem liga o rádio escuta
    Essa linda oração
    Sempre às dezoito horas
    Tem uma reflexão
    Com uma linguagem pura
    Se ouve a voz da cultura
    Na voz do rei do baião.

    08

    Gonzagão hoje é lembrado
    Por este Brasil inteiro
    E a sua biografia
    Vou dizer quem fez primeiro
    Zé praxedes, conhecido,
    Escritor constituído
    Como o poeta vaqueiro.

    09

    Esse nobre escritor
    Numa Cidade pequena
    Em uma inauguração
    Provocou uma grande cena
    Gritou: – Luiz é estrangeiro,
    Luiz é rei brasileiro,
    Luiz é a gota serena.
    -2-

    04

    Mossoró é para mim,
    Berço da libertação
    Tem AM e FM,
    Canal de televisão
    E também foi visitada
    Completamente encantada
    Com Luiz rei do baião.

    05

    Luiz cantou na Rural
    Deixando o seu passaporte,
    Fez um show na difusora
    Provando que era forte
    O povo ficou feliz,
    Ouvindo a voz de Luiz
    No Rio Grande do norte.

    06

    O Rio Grande do norte
    Pra Luiz foi um xodó
    Radio AM e FM
    Tocam bem o seu forró
    Quando chega o fim do dia
    Toca a Avemaria
    Na Rural de Mossoró.

    -4-
    10

    Celso filho de assu
    OSeu ídolo é Luiz
    Isso foi em um dicurso
    Assim a história diz
    Quem ouviu esse refrão
    Sabe que o rei do baião
    Fez muita gente feliz.

    11

    Felicidade também
    Nunca fica pra depois
    Dezessete de janeiro
    Do ano oitenta e dois
    Foi recepcionado
    Aqui no nosso Estado
    Caraúbas lhe propôs.

    12

    Caraúbas deu o Titulo
    A Luiz rei do baião,
    Às duas horas da tarde
    O Sol quente igual tição
    Luiz entusiasmado
    Com o baião improvisado
    Agradava a região.

    -7-

    19

    Lembro que Luiz cantava
    O seu requintado baião
    Pro sertanejo que esta
    Rasgando o bucho do chão
    Com uma enxada batida
    Ouvindo a triste partida
    Cantada por Gonzagão.

    20

    Luiz cantou pras estrelas
    Luiz cantou pra o Sertão
    Luiz cantou para o Céu
    Luiz cantou a união
    Luiz cantou para o pobre
    Luiz cantou para o nobre
    Luiz cantou pra Nação.

    21

    Luiz sorriu pro inverno
    Luiz sorriu pra criança
    Luiz cantou a saudade
    Luiz cantou a esperança
    Luiz cantou pro romeiro
    E o Nordeste brasileiro
    De ouvir Luiz não se cansa.

    -5-
    13

    Lá mesmo em Caraúbas
    Cantava hoje me acabo
    Sua sanfona chorava
    Num forró de cabo a rabo
    Pede um gerente de banco:
    – Luiz cante seja franco
    Ele disse este é o diabo.

    14

    Esse era um grande amigo
    Logo conheceu a face
    Muito amigo de Luiz
    Uma pessoa de classe
    Pediu: cante a derradeira
    Neste calor de caldeira
    Já pensou se não cantasse!

    15

    Ele cantou e encantou
    Noutra Cidade também
    A dezessete de junho
    Porque sempre fez o bem
    O seu baião não se estraga
    Quem não gosta de Gonzaga
    Não gosta mais de ninguém.

  3. Nildo da pedra branca disse:

    cangaceiro kydelmir estou lhe mandando esse cordel pra vc corrigir e fazer as pontuações. me mande de volta pra esse e-mail leo_queroz@hotmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s